MADEIRADiG adiado para 2021

05.11.2020


Alfredo Costa Monteiro

A organização da 17ª edição do MADEIRADiG - Festival Internacional de Música e Artes Digitais da Madeira, que ocorre habitualmente no primeiro fim de semana do mês de Dezembro entre a Calheta e a Ponta do Sol, optou pela não realização do evento em 2020 tendo em conta os actuais constrangimentos relacionados com a crise sanitária resultante da pandemia de COVID - 19, especialmente no que concerne às restrições no tráfego aéreo e os recentes confinamentos implementados em países como a Alemanha, Inglaterra e Áustria, de onde é oriunda grande parte do público do festival, que se compõe em pelo menos 85% de público estrangeiro.

A organização conjunta da APCA, Estalagem da Ponta do Sol e Digital in Berlin, que há poucos dias anunciou os nomes que compunham a programação pensada para a 17ª edição do evento - entre os quais Abul Mogard, Lucy Railton ou Ben Bertrand, bem como os madeirenses João de Nóbrega Pupo, Sara Anjo e Silvestre Pestana, entre outros, num conjunto de actividades que vão desde concertos ao vivo e performance a workshops e instalações audiovisuais, - pretende agora transferir todo o projecto para 2021.

Assim, o certame dedicado às artes experimentais que estava agendado de 3 a 8 de Dezembro, anunciará atempadamente as novas datas de realização.

© 2020 APCA - Madeira